Artistas

Fotos de Allysson Martins
Allysson Martins
Cantor, violonista e compositor

Alysson Martins é violonista, pianista e saxofonista, além de vocalista. Com um repertório vasto, faz shows com músicas já conhecidas e seu trabalho autoral, que vem se desenvolvendo com todo cuidado, primando pela qualidade musical.

Seus shows podem apresentar um mix de estilos ou serem específicos num dos gêneros que domina: MPB, pop rock nacional e internacional ou sertanejo.

Fotos de Ana Cigarra
Ana Cigarra
Cantora – The Voice 4

Ana Cigarra, nascida no Guarujá, litoral de São Paulo, sempre amou música. Ouvia as fitas de seus pais, e o gosto eclético se deu ao fato de seu pai, nordestino, ter sido mais ligado às canções regionais, e sua mãe gostava das internacionais e românticas.

Aos 18 anos participou de uma peça de teatro, para a qual foi convidada a cantar a trilha sonora. Mesmo com os ensaios já em andamento, quando conheceram sua voz não puderam deixar de incluí-la no elenco, e ganhou uma bolsa de estudos para dar continuidade às aulas de teatro.
Participou como backing vocal de trabalhos com os grupos Karametade, Sampa Crew e a banda inglesa Spiritualized. Já integrou bandas de soul, bandas de bailes e casamento, além de cantar há muito tempo em bares e casas noturnas.

Bebendo em fontes como Aretha Franklin, Erykah Badu, Jill Scott, Marvin Gaye, Whitney, Elis Regina, Sandra De Sá, Alcione, Jorge Ben e Tim Maia, a cantora leva em seu show um repertório recheado de ritmos contagiantes, criando assim um ambiente intimista e envolvente, com qualidade, buscando por inovação e por horizontes cada vez mais abrangentes.

Com toda esta bagagem, Ana Cigarra fez parte do programa “The Voice Brasil 4”, na Rede Globo, e teve seu talento exibido e aplaudido por todo o País, e passou no crivo do jurado mais exigente, Lulu Santos.

Mais Informações

Fotos de Banda Banana Power
Banda Banana Power

Alfredo Posse e os outros integrantes da banda vão levar você a reviver o melhor do pop rock dos anos 80.

Conheça os integrantes:

Alfredo Lago (vocal e percussão) – Começou a cantar em 1982 e tem gosto musical influenciado por vocalistas de R & B norte americanas. Reproduz os timbres dos cantores que interpreta.

Artur Silveira (baixo) – Muito detalhista e dedicado, prefere usar um baixo de 5 cordas para uma melhor qualidade de som. Aprecia também um bom rock’n’roll.

José Luis Gemignani (guitarra) – Parece fazer um culto ao instrumento, sempre atualizado com o melhor equipamento, solando impecavelmente e tirando um swing que nos dá vontade de dançar.

Lubislava Beltcheva (teclados) – Importada da Bulgária, tem formação erudita, é muito ágil e decidiu diversificar um pouco suas habilidades musicais juntando-se à banda no início de 2015.

Nelson Lago (vocal e percussão) – De timbre bastante agudo, é formado em composição e regência e cuida dos arranjos e detalhes técnicos das músicas.

Roberto Cunha (bateria) – Mais de vinte anos comandando a “cozinha” com forte influência do funk e do rock, privilegia o groove e o bom gosto no seu toque. Junto com os vocalistas, integrante desde a primeira formação da banda.

Onde a Banda tocou: no Brazileria, Memorial da América Latina, etc. Por onde passam, divertem o público.

Mais Informações

Fotos de Banda Cangalheira
Banda Cangalheira

A Banda Cangalheira nasceu em 2014 e hoje é composta pelos amigos Everton Augusto, Elton Araújo, Jéssica Moura e Juliano Aparecido (JUK). O compositor e percussionista Everton Augusto junto com outros amigos tiveram a ideia de fazer algo inovador no forró pé-de-serra: uma banda com 2 vocais (Feminino/Masculino) e com instrumentos de harmonia e percussão, buscando a inovação do pé-de-serra, porém sem tirar as características e tendo como base as raízes do forró.

O objetivo da banda é levar alegria e música de boa qualidade ao público, com composições que falam de amor, amizade, alegria e principalmente efetuando releituras de composições tradicionais de grandes artistas sem fugir de suas características.

O grupo prega que a ‘Família Cangalheira’ veio ao mundo para quebrar paradigmas, conquistar novos públicos, de distintos gêneros, etnias e de todas as idades.

Mais Informações

Fotos de Banda Forró Jazz
Banda Forró Jazz

Grupo formado através de uma vasta pesquisa e práticas de música instrumental.
O Forró Jazz é formado por Michel Machado na bateria e na percussão, Paulio Cellé na guitarra, violão e bass e Jorge Donadelli no acordeón e violino. Músicos que tem em seus estudos e práticas e apresentações uma versatilidade de ritmos e arranjos cheios de improvisações e novas construções harmônicas inusitadas.

Trazem assim em seus shows um grande passeio rítmico, passando por sambas, forrós, maxixes, choros, jazz, maracatu, entre outros ritmos movidos ainda pela emoção e traduzidos em uma linguagem contemporânea e instrumental.

O trio está prestes a lançar seu 1o disco em parceria com uma gravadora europeia. Mantendo em sua identidade cheia de ritmos brasileiros com uma boa pitada de jazz em suas mais variadas formas de execução, porém sempre com uma boa sonoridade, alcançando um público variado em sua faixa etária.

O show conta sempre com um convidado ESPECIAL, sendo um solista ou uma cantora. O trio traz ao público um repertório autoral complementado por clássicos de renomados compositores, fazendo de cada show uma celebração a todos os ouvintes e a todos os públicos, que naturalmente é levado a dançar, envolvido pela emoção.

Mais Informações

Fotos de Banda Ritz
Banda Ritz

RITZ lança seu mais novo EP intitulado “EU”, uma leitura vertiginosa do sujeito que ocorre entre devaneios e reflexões, sem esquecer é claro de uma das marcas da banda que é a luta contra a intolerância, abordada em seu disco anterior.
O caminho trilhado no cenário musical não se faz sozinho, muito trabalho e grandes parcerias garantem a ascensão desse trio. Juninho, Ricardo e Flávio, mantém um equilíbrio entre prazer, profissionalismo e o gosto inquestionável pelo palco, convidando você em seu mais novo trabalho, a se lançar em suas ideias. Influenciados pelo rock, pop e o indie, a RITZ traz em seu “EU” o entusiasmo de acreditar em si mesmo e que dias melhores ainda estão por vir.

Preservar a liberdade de expressão dentro de uma sociedade que busca rotular e impor uma forma de comportamento é o que encontramos desde a origem dos primeiros singles e que continua a contornar esse trabalho. Em “EU”, a banda continua provocando os seus ouvintes, mas agora do ponto de vista do sujeito que é o tema central dos seus mais novos singles. O EP foi composto e executado pela própria banda que deixa impresso no ato de sua criação todos os sentimentos que conduzem suas descobertas.

Dessa forma a RITZ trilha sua estrada, causando emoções que preservam uma boa qualidade de música; uma sintonia entre pensar e cantar que somente é revelada quando escutamos o seu “EU”.

Fotos de Banda Saco de Gatos
Banda Saco de Gatos
Banda de humor

O“Saco de Gatos” surgiu em 1982, na mesma época de bandas como o “Língua de Trapo” e “Premeditando o Breque”. O grupo sempre apostou no humor em suas composições próprias com o objetivo se firmar no cenário artístico nacional. O grupo, que causou burburinho nos anos 1980, fez algumas apresentações na época, mas não chegou a lançar nenhum disco.

 

O grupo se separou alguns anos depois, mas em 2005, graças ao advento das redes sociais, os amigos se reencontraram e decidiram se reunir novamente, para deixar registrado o material antigo. Fizeram novos arranjos, foram para estúdio e gravaram um CD, que saiu com o sugestivo nome de “Era para ser vinil”.

Outros hits do grupo são as músicas “O amor é cego” – com uma levada brega, mostrando a paixão de um rapaz por uma moça que não enxerga, “Os opostos se atraem”, com um casal completamente diferente um do outro (Angélica Angelina/ a gente não se entende/ a gente não combina/ Quando um de nós começa/ O outro já termina) e “Roxana”, que mostra o amor de um nordestino tradicional por uma moça que trabalha na profissão mais antiga do mundo (versão forró com adaptação de letra bem humorada para o clássico Roxane, do Police).

O CD teve todo o trabalho de finalização a cargo dos maestros brasileiros premiados com dois Grammys – Ruriá Duprat e Eduardo Santos.

Fotos de Bia Goes
Bia Goes
Cantora Agência Cítara

Dona de uma voz versátil e suave, Bia Goes iniciou sua carreira como cantora, no caminho que lhe era mais familiar, na música instrumental. Cercada por musicistas desde pequena, encontrou nos arranjos e harmonias dos pais, Sílvia Goes e Arismar do Espírito Santo, o ambiente mais desafiador a qualquer cantor: usar sua voz como improvisador.

De lá pra cá, Bia percorreu uma longa estrada em busca do que lhe tocava o coração. Deu voz – e vida – a Carmem Miranda, no show “De Assis Valente para Carmem Miranda” com arranjos de Luizinho 7 Cordas, resgatou lindas valsas de compositores brasileiros no CD “Três em 3×4”, acompanhada por Sílvia Goes e Ricardo Valverde, quando também tocava flauta transversal. Também ao lado da mãe, reavivou a gafieira dos bailes com a Banda da Patroa. Acompanhou por dois anos o sanfoneiro Oswaldinho do Acordeón e participou do Encontro de Sanfoneiros, com a canção “Contrato de Separação”, de Dominguinhos, que foi convidado para gravar com Bia essa faixa seu primeiro disco solo.

O CD “Bia Goes” foi selecionado pelo ProAc, gravado e lançado em 2013, com produção de Ricardo Valverde, e mostra o lado regional da cantora. Um disco recheado de baião, forró, chula, xote, xaxado e arrastapé. Bia foi convidada para lançar esse trabalho em Lisboa no Ano do Brasil em Portugal, e no Festival Botucanto, no qual foi premiada no mesmo ano.

Em 2014 gravou o lendário programa ENSAIO de Fernando Faro para a TV Cultura e foi finalista na categoria de Melhor Cantora Regional no Prêmio da Música Brasileira.

Em 2015 gravou a websérie Sotaques do Brasil, da gravadora Pôr do Som; o programa especial Elis Regina para a TV Gazeta; e fez a abertura de homenagem à Inezita Barroso na Sala São Paulo.

Em 2016 fez sua primeira tour pelo Norte da Itália em festivais de verão e já em São Paulo fez a estreia do show Brasil em Canções junto com o Titã Sérgio Britto no teatro do SESC Ipiranga.

Atualmente prepara-se para gravar o CD Brasil em Canções.

 

 

Mais Informações

Fotos de Brunno Zaia
Brunno Zaia
Cantor, violonista e compositor

Nascido em Salvador, Bahia, é filho de uma das vozes mais marcantes dos anos 90: Reinaldo, ex-vocalista do Terra Samba. Com um timbre poderoso e marcante, o irreverente Zaia vem
surpreendendo a todos com seu talento, identidade, swing e carisma.

Dependendo do local e do público, Zaia está sempre pronto a expandir o “set list”, com
diversas releituras de grandes nomes da MPB e pop nacional, tais como Djavan,
Gilberto Gil, Paralamas do Sucesso, Lulu Santos, Jorge Benjor, etc.

Assim é o som que o jovem cantor, violonista e compositor Zaia
(Brunno Zaia) traz em seu rico repertório musical.

Apontado como uma das revelações da música baiana por
artistas como Saulo Fernandes, ex-Banda Eva, traz em seu
som uma proposta que mescla timbres eletrônicos com a
percussão brasileira, mais precisamente a baiana.

Em sua trajetória, Zaia já participou de shows de artistas renomados como Ivo Meirelles e Seu Jorge.

Fotos de Bruxinha Meg Li
Bruxinha Meg Li
Personagem infantil

A bruxinha Meg Li nasceu de uma brincadeira que a atriz Margareth Libardi começou a fazer e por fim agradou adultos e crianças, chegando ao ponto de receber sugestões de levar a personagem pro teatro. Com um toque meio cômico, ela vai transmitindo as mensagens que deseja.

Meg Li é uma bruxinha do bem e se apoia em princípios que todos os pais gostariam que seus filhos seguissem. Ela não gosta de palavrões nem gírias, acha bonito criança que estuda; ama a verdade, o respeito, a compreensão, a consideração, etc.

Mais Informações

Fotos de Caio Ignacio
Caio Ignacio
Percussionista
Fotos de Caio Magno
Caio Magno
Cantor e violonista

O cantor e violonista Caio Magno iniciou a sua carreira artística em 2016, tocando em bares e teatros. Desde pequeno, teve contato com a música através da família. Teve como grande influência a música brasileira.

Estudou no CLAM (Centro Livre de Aprendizagem Musical) e atualmente estuda com o professor Lívio Macedo violão e voz. Acompanhou como roadie alguns músicos e aos 15 anos começou a tocar em rodas de choro, quando teve contato com grandes músicos como Zé barbeiro, João Macacão, Danilo Brito e Isaías do Bandolim.

Nesse momento, também ministra aulas de violão e violão de sete cordas. Fez uma apresentação com de violões no Centro Britânico.

Apresentou-se no Céu Parque Bristol como contador de estórias, com o grupo Planeta Pensante. Em 2017 participou do grupo Fernando Dalcin Quinteto, realizando uma apresentação no Sesc Pinheiros, Paulicéia Cultural. Atualmente, está em carreira solo como intérprete.

Caio participou recentemente do show Viagem com Wilma Libardi e faz regularmente apresentações solo.

Fotos de Clarissa Mayoral
Clarissa Mayoral
Cantora, compositora e atriz

Clarissa estudou artes cênicas e trabalha como atriz desde os 15 anos.  Formou-se em rádio e TV pela Anhembi Morumbi. Na área musical, investiu em aulas de canto, fonoaudióloga e tudo que precisava pra lapidar esse outro talento. Mais tarde – em 2012 – lançou o clipe “Aos seus pés” e não parou mais de gravar e cantar.

Antes do projeto autoral intitulado “Caminho”, Clarissa teve sua estreia com “Descoberta” e posteriormente “Clarissa Mayoral”, ambos disponíveis em plataformas digitais como Deezer, ITunes e Spotfy.

Mais Informações

Fotos de Daniel Barreto
Daniel Barreto
Compositor, cantor e instrumentista

Daniel é vocalista fundador da banda Índios Nativos Valvulados, que desde 2011 experimenta as múltiplas possibilidades de pensar a música, com tons e cores incomuns. Na banda, difundiram o rock alternativo com uma mistura poética bem distribuída em seus versos. Suas músicas convidam o ouvinte a um passeio no tempo, onde as influências de diversas gerações da música brasileira conversam numa cadência diferenciada, construindo um mosaico despretensioso e agradável.

A banda é formada por Daniel Barreto (voz), Eduardo Foo (guitarra), Tiago Ribeiro (baixo) e Heitor Sena (bateria). Em 2015, os Índios lançaram o seu segundo EP “Como Tinha Que Ser”, com composições inéditas.

Na estrada, entre as diversas apresentações, destaca-se o festival Rock Na Cidade
– Hospital Matarazzo/SP, organizado pela rádio 89FM, dividindo o palco com bandas e artistas consagrados como IRA! e Dinho Ouro Preto; música na programação da 89FM pelo programa TEMOS VAGAS; apresentação ao vivo na Rádio Brasil 2000; festival Todo Som/Barueri; Festival de Artes da Vila Madalena; programa Cotonete da Universidade FAAP; Sônica de Garagem da FAMESP; além de ficarem classificados entre as 50 bandas mais votadas do Brasil para participar do festival Lollapalooza/SP – 2015.

Agora, Daniel investe na carreira solo, mas ainda acompanhado por alguns músicos que integraram a banda INV.

Fotos de Daniel Oper
Daniel Oper
Cantor e violonista
Fotos de Ed Ribeiro
Ed Ribeiro
Artista plástico

“O PINTOR dos ORIXÁS”

‘Para falar da obra do artista plástico ED RIBEIRO, é muito importante criar uma relação direta não só com a Natureza, mas com as Forças da natureza. É falar também do talento raro e de uma sensibilidade profunda, porque quando falamos da arte do povo, das coisas que o povo se identifica, é realmente no verdadeiro sentido da palavra: o povo somos todos nós, são as pessoas que andam nas ruas, que estão nas filas de ônibus, buscando, e interagindo com a cidade.

ED RIBEIRO é um destes talentos, caso raríssimo de artista que começou a pintar com 52 anos de idade. Isso é muito significativo, porque mostra uma profunda e total necessidade de criação. Uma imensa busca de transformação e de expressão, como se fosse assim um chamado, uma força maior que busca o artista e o afasta das suas atividades normais, para encaminhar ao ofício das Artes.

Pinturas que retratam o mundo mágico e misterioso do CANDOMBLÉ.
Muito importante para a cultura brasileira e para a formação cultural do nosso País. O Brasil, se não mostrar todas as suas raízes e matrizes culturais, não será o Brasil.

ED RIBEIRO nos dá uma grande contribuição, por entender com profundidade toda a ligação da religião. É Arte, com a sensibilidade do nosso povo. E essa valorização da cultura brasileira, por meio das inúmeras manifestações culturais, que nós vamos, cada vez mais, ter a dimensão universal do que é a Arte Brasileira e o que é o trabalho deste artista, que além de ver todas as coisas de uma forma única e INOVADORA de pintar, porque, surpreendentemente, não usa pincel, não usa os dedos, não usa a mão. Ele faz todo seu trabalho DERRAMANDO AS TINTAS e movimentando a tela, criando imagens com detalhes e com a força de uma grandiosa obra.

Estamos sempre emocionados quando contemplamos os trabalhos deste grande artista plástico inovador.’

Cineasta NEVILLE D’ALMEIDA

__________________________________________________________

A obra de ED RIBEIRO vem conquistando reconhecimento e premiações no Brasil e Exterior

  • 2008 Medalha de Ouro MAM São Paulo
  • 2009 Medalha de Ouro Sociedade Brasileira de Belas Artes Rio de Janeiro
  • 2009 Exposição ONU New York
  • 2010 Laureado na Academie Arts Sciences Letttres de Paris
  • 2010 Exposição Galerie Everarts – Paris
  • 2011 Exposição Museu STJ – Brasília
  • 2014 Premiado Melhor Obra do Salão Oslo – Noruega
  • 2014 Exposição UNESCO – Paris
  • 2014 Exposição Museu do Louvre
  • 2014 Exposição Vera World Art Festival – Lisboa
  • 2014 Exposição Espaço Arte Livre – Lisboa

Fotos:

Vídeos:

 

 

Fotos de Eduardo Foo
Eduardo Foo
Guitarrista e violonista

Eduardo Foo, músico paulista, toca desde os 9 anos de idade, influenciado por seu avô Vicente Moreno, um dos fundadores do tradicional grupo paulistano Demônios da Garoa.
Graduado pela Universidade Livre de Música Tom Jobim, estudou com grandes mestres como: Heraldo do Monte, Mozart Mello, Olmir Stocker, Ulisses Rocha, Claudio Leal e Ricardo Braim.

Eduardo tem uma extensa carreira em palcos e estúdios, tocando e gravando com inúmeros artistas e bandas. Os destaques ficam para as bandas Voxdog e Skulptor onde gravou albuns e singles, lançados na Europa e Japão, com inúmeras performances em radio e TV. Com os mesmos participou de grandes festivais como: Lollapalooza, SWU, Coca Cola Vive Zone, Spirit Of London, 1200 Festival e Ministry Of Sound.

Entre 2013 e 2014 residiu nos Estados Unidos nas cidades de Nashville e Los Angeles, trabalhando e adquirindo experiência com a cena local.

Atualmente trabalha em seu primeiro disco autoral instrumental intitulado “When Words Fail” e é guitarrista do grupo Coletivo Missa.

Discografia:
Liberdade de Expressão Brasileira – Rey Verçosa (TZV7 2005)
SKULPTOR – Natural (Wired Music 2007)
Back Wash – Deep Ocean (Wired Music 2008)
Sand Castles EP – VIXEN 2008 (LoKik 2009)
VOXDOG – Um Dia As Coisas Mudam ( 2010 )
Aygan – Neural Groove (2010)

Fotos de Gabriel Dias Garcia
Gabriel Dias Garcia
Pianista e regente

Maestro, compositor e pianista formado em Regência pela UNESP é atualmente aluno particular de piano da Professora Gisele Galhardo.

Sua experiência inclui master class em diversos Festivais de Música: Como aluno de piano nos festivais de Ourinhos com a professora Maria José Carrasqueira (2007), com o professor Flavio Varani (2008-2009) e no festival de Juiz de Fora com a professora Ruth Serrão (2012).

Como aluno de regência nos festivais de Ourinhos com os maestros Gil Jardim e Julio Medaglia (2008-2009), Poços de Caldas com o maestro Jean Reis (2010, 2011, 2013, 2014 e 2015), Londrina com o maestro Daisuke Soga (2010), Bragança Paulista com o maestro Sergio Chnee (2011) e no festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza com o Maestro Christopher Zimmermann (2013).

Realizou curso de regência com a Maestrina Andrea Botelho – Berlim (2012), Alemanha e Masterclasses internacionais de Regência Orquestral e Coral com o maestro Roland Börger – Cluj Napoca, Romênia (2014), em Turku, Vaasa e Kemi – Finlândia na Panula Academy e com os maestros Sergio Chnee e Ville Mankkinen (2015). Participa ativamente do FIRSC (Festival Internacional de Regência Sergio Chnee) desde 2014.

Também inclui participação em diversos recitais de piano e música de câmara.

Já participou de diversos festivais, além de atuar como regente em várias orquestras, Orquestra Sinfônica Cluj em Cluj-Napoca, Romênia entre outras.

Atuou como regente da Camerata Clássica do Festival de Poços de Caldas (2010, 2011, 2013, 2014 e 2015), regente convidado da Orquestra Jovem de Araraquara (2011), regente da Orquestra Acadêmica da UNESP (2012) e da Orquestra Sinfônica do Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza (2013).

Atuou como diretor artístico do Instituto de Artes de Santana de Parnaíba – IASAP, onde promoveu diversos projetos como a Série de Concertos IASAP 2014 e 2015, LIRO – Laboratório Internacional de Regência Orquestral, entre outros.

É fundador e diretor do Conservatório Musical Santana de Parnaíba e maestro titular da Orquestra de Câmara de Santana de Parnaíba.

.Sua orquestra tem 15 componentes.
.Diretor Artístico da Orquestra de Câmara de Santana de Parnaíba

Fotos de Guga Pine
Guga Pine
Cantor, violonista e compositor

Guga Pine foi integrante do trio semi-acústico paulistano na percussão e vocal Les Souvenirs. Com a ida de um deles para Portugal, Guga intensificou seu projeto solo que já estava sendo delineado e agradando.

O currículo de Guga, enquanto integrante no trio, inclui show no aniversário de 7 anos do Museu do Futebol, durante o evento Sabor Paulista e show no evento 30Menos Fest, ambos
organizados pela Rede Globo; Show no “Churras do Marcão”, eterno goleiro do Palmeiras e
Campeão Mundial com a Seleção Brasileira; show na inauguração da Agência Canopus em
São Bernardo do Campo; show na Maratona do Pão de Açucar; show no Encontro Comercial
da Sul América, show no Encontro Internacional da Olan Brasil, no Memorial da América Latina, entre outros, além de casamentos, festas particulares e incontáveis apresentações na noite paulistana, com casas fixas e agenda longínqua.

Dia 6 de maio, Guga foi escolhido para levar em versão voz e violão o seu projeto autoral pro Memorial da América Latina.

Fotos de Gustavo Tassi
Gustavo Tassi
Cantor lírico

Estilo musical: show de canto lírico

Detalhes: Natural de São Paulo e formado em Canto Lírico pela FAAM, Gustavo Tassi atualmente se dedica ao aperfeiçoamento dos estudos da voz cursando o Bacharelado em Fonoaudiologia e se apresenta pelo Brasil com a banda tributo aos Bee Gees, Bee Gees Brazil.

O tenor iniciou seus estudos musicais em 2005 após terminar sua primeira graduação em Ciência da Computação. Até então cantava em uma banda de rock e no coral da faculdade. Cantou ainda no Coralusp sob a regência de Alberto Cunha por dois anos e no Coral Collegium Musicum com Abel Rocha, também por dois anos, com o qual se apresentou nas principais salas de concerto de São Paulo. Em 2008 participou do Circuito Broadway onde teve aulas de canto, dança e interpretação voltados para o teatro musical. Em 2009 fez um curso de aperfeiçoamento vocal no Conservatório Rimsky-Korsakov em São Petersburgo, na Rússia, onde teve aulas com o tenor Sergey Borisovich Nikulshin. Em 2010 se apresentou no “Gala Concert” realizado na FAU Maranhão onde interpretou trechos de óperas famosas. No mesmo ano interpretou músicas populares no evento “Pé na Estrada” do grupo AES Brasil onde se apresentou em diferentes cidades e teatros dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Ainda na área do canto popular participou de workshops com profissionais de destaque na cena como Felipe Abreu (canto popular nacional), Marconi Araújo (lírico, teatro musical e pop) e a fonoaudióloga Dra. Sílvia Pinho. Trabalhou junto ao Coro do Theatro São Pedro de São Paulo na temporada de óperas e concertos de 2010 e 2011. Recebeu orientação do renomado baixo-barítono Carmo Barbosa durante 6 anos, do maestro Marconi Araujo por 3 anos e atualmente trabalha o seu desenvolvimento vocal com o maestro Walter Chamun. Começou a atuar como professor de canto em 2008 e, desde então, vem aprimorando seus conhecimentos e sua metodologia de ensino com diversos profissionais da área pedagógica e da área musical destacando-se Carmo Barbosa, a maestrina Tereza Longatto, a Dra. Sílvia Pinho, os maestros Marconi Araujo e Walter Chamun, Per Bristow (criador do método “Singing With Freedom”), Brett Manning (criador do método “Singing Success”) e Fernanda Gomes, que o auxiliou no trato com os alunos e na dinâmica das aulas.

Cantou recentemente no Projeto Música na Praça, no centro histórico de Santana de Parnaíba – SP.

Fotos de João Fernandes
João Fernandes
Compositor, cantor e violonista

Mais Informações

Fotos de Jorge Ceruto
Jorge Ceruto
Trompetista – artista cubano

O compositor e arranjador – que desde a infância ansiava por conhecer o Brasil – saiu de Cuba aos 23 anos, num contrato de trabalho para o México. Foram quatro anos tocando numa discoteca em Cancún.

A chegada ao Brasil se deu por meio de um convite do SESC, um contrato de cinco anos a exigir que o músico ficasse na ponte aérea, dadas as exigências de visto. Por artimanhas por ele atribuídas às energias movimentadas pela fé, acabou por se estabelecer definitivamente no País.

Após anos tocando com Funk como Le Gusta, Jota Quest, Zeca Baleiro e outros tantos músicos, partiu para o projeto solo Mambo que Sambo (ybmusic), cujo primeiro CD foi lançado em 2013. Prepara o segundo disco, duplo, com 24 músicas autorais, a sair em breve.

Mais Informações

Fotos de Karin Martins
Karin Martins
Cantora, violonista e compositora

Dona de uma voz suave, a cantora Karin Martins despertou para música aos três anos de idade, quando dedilhou as cordas do violão de seu avô e tirou suas primeiras melodias. Aos 11 anos, ganhou seu primeiro violão do qual nunca mais se separou.

Logo cedo, Karin começou a estudar a música a fundo. Aos 12 anos, entrou para Escola de Música e Tecnologia (EM&T) e teve renomados mestres que a guiaram durante toda sua carreira, entre eles, nomes como Viviane Keller, Hercílio Ramos e Felipe de Abreu. Aos 14 anos, escreveu “Castelo de Cartas”, sua primeira composição, que ainda hoje mantém em seu repertório. Com 15 anos iniciou sua carreira profissional na Pizzaria de um amigo de sua mãe e logo conquistou bares, teatros e casas de toda cidade.

Dotada de uma voz macia e envolvente, a cantora conquistou a Argentina, onde foi convidada para tocar musicas brasileiras em diversas casas, como na “La Vida Dirá”. Ainda na terra de nossos irmãos latinos, a cantora participou do show de Marcela Viciano.

Seu gosto pelo MPB vem de família. As festas vespertinas eram sempre regadas de música popular brasileira. Em sua carreira musical, Karin mistura as raízes da MPB com Samba Jazz e Groove.
Hoje, Karin Martins vive integralmente para música, e divide seu tempo entre sua carreira musical, e preparação vocal de cantores e atores. Paulistana, aos 28 anos esta geminiana exigente e perfeccionista lançou recentemente seu primeiro álbum “Quem é você?”, com produção de Paulo Vaz, tecladista do Supercombo.

Mais Informações

Fotos de Lis de Carvalho
Lis de Carvalho
Pianista

Paulista e paulistana, Lis de Carvalho é pianista, arranjadora, educadora, compositora e grande improvisadora.

Aos 3 anos de idade já mostrava sua vocação ao dedilhar as primeiras notas.

Aos 6 anos de idade, iniciou seus estudos de piano com Lina Pires de Campos e de piano jazz com Gogô, hoje professor da Unicamp.
_______________________________________
Formação

Estudou teoria e solfejo com Claudio Stephan, composição com Koellroeuter, harmonia, arranjo e orquestração com Cláudio Leal Ferreira, programação de teclados e síntese na Escola Sínteses, e técnica pianística com Maria José Carrasqueira.

Faculdade de Filosofia USP, Faculdade de Piano Popular EMESP,
Faculdade de harmonia Popular EMESP, Bacharelado em Piano Popular na FASM Faculdade Santa Marcelina. Seu TCC foi sobre “Radamés Gnatalli”.

Nos anos 80 foi integrante do Grupo “Kali” – Primeiro grupo instrumental feminino.

Participou de vários projetos com Celso Pixinga, onde várias de suas composições foram gravadas.

Participou em diversos CDs da cena instrumental e vocal, onde atuou ao lado de músicos como Sizão Machado, Maestro Gil Jardim, Carlos Bala, Pepe Cisneros, Bocato, Faíska, Polaco, Teco Cardoso, Vítor Alcântara, Silvinho Mazzuca e Giba Favery .

Tocou com artistas como Paulo Moura, Raul de Souza, Lula Galvão, Edu Lobo e Orquestra Jazz Sinfônica, Quarteto em Cy, Vânia Bastos, Tetê Spindola, Eliete Negreiros, Zezé Mota, Paula Lima, Margareth Menezes, Walter Franco, Richtie, Cezar de Mercês e Sérgio Dias.

Fez produção musical para o núcleo de teledramaturgia do SBT assim como para o mercado publicitário.

Como pianista e arranjadora, ao lado do Maestro Tasso Bangel, do Grupo “Tom da Terra”, cujo CD “Brasil Branco Negro” foi indicado ao Prêmio TIM como melhor grupo vocal de 2.003.

Sua vocação educacional tem se destacado por sua dedicação em formar grandes musicistas para as próximas gerações,

Seu DVD – Introdução ao piano base – formas de acompanhamento, é uma verdadeira aula para iniciantes ou quem pretende seguir a carreira de pianista. Explica de maneira bem didática, o emprego de certas conduções rítmicas, além de técnica de relaxamento, postura e exercícios.

Em 2005, gravou o CD Bossa Nova da série MPBaby, recomendado por educadores para pais e filhos.

Atua na EMESP-TOM JOBIM, desde sua fundação, onde é coordenadora da área de piano e acordeão, além de lecionar o curso de Harmonia e prática de conjunto e participar das bancas de avaliação ao lado de grande músicos da cena instrumental.

Fotos de Marcell Ortiz
Marcell Ortiz
Baixista, cantor e compositor

Músico, multi-instrumentista, produtor musical, arranjador e compositor.
Formado pela ULM (Universidade Livre de Música Tom Jobim). Foi aluno de Itamar Colaço.

No Brasil, tocou com vários artistas: Grupo Pixote, Turma do pagode, Reinaldo (Príncipe) do pagode, Kaleidoscópio, Débora Blando, etc. Na África, tocou com o Grupo Malícia.
Na Itália e em Portugal, participou da Turnê do Kaleidoscópio e SAMBô (Itália).
Suas participações nas gravações de CDs e DVDs são inúmeras e entre as mais relevantes estão:

DVDs: “Melhores do Ano” de 2006, DVD Reinaldo – o Príncipe do Pagode, primeiro e segundo DVD da Turma do Pagode.
CDs: Samprazer, Turma do Pagode, Doce Encontro, Façanha, Netinho de Paula, DVD grupo SAMBô 2016 , Leilah Moreno, Cantor Belo…

Vale ressaltar que muitas de suas gravações foram realizadas para artistas produzidos por: Lua Lafayette, Pezinho, Peu Cavalcante, Tchorta Borato, Gui Borato, entre outros.

SUAS COMPOSIÇÕES populares:

Alimenta Meu Sonho (Grupo Refla); Conto Com Você (grupo Kaluana); Não Dá Mais (Grupo Turma do Pagode); Pra Mim já Chega (Janaina Lima); Eu Não Vejo a Hora (Grupo Façanha). Do álbum “VIP”, da artista Leilah Moreno, 9 músicas são de sua autoria e do álbum GRITE ALTO, da cantora Cindy Mendes (uma das integrantes do grupo ANTONIA), são 7 músicas de sua autoria.

Atualmente, Marcell Ortiz está com seu show autoral, seu primeiro trabalho solo que mostra um pouco mais de suas composições e versatilidade musical.

SITE http://marcellortizoficial.wix.com/musica

Fotos de Marco Bernardo
Marco Bernardo
Pianista e cantor

Marco Bernardo é músico eclético, respeitado e reconhecido por seu livre e fluente
trânsito pelos mais variados meios de expressão musicais, tanto na
música erudita como na popular graças à sua atuação como
pianista solista cuja extensa discografia destaca o álbum duplo
Radamés Gnattali: Integral dos Choros Para Piano Solo, de 2011,
pela CPC-Umes; pianista arranjador e acompanhador de destacados
cantores do cenário lírico e popular nacional e internacional em
recitais, shows e gravações; e pesquisador da música popular
brasileira premiado pela Fundação Vitae em 1993, com obras
editadas pela Irmãos Vitale (o álbum de partituras Homenagem a
Canhotinho (2000) e os livros Nabor Pires Camargo, Uma Biografia
Musical (2002) e Waldir Azevedo, Um Cavaquinho na História
(2004)).

Mais Informações

Fotos de Margareth Libardi
Margareth Libardi
Apresentadora, atriz e cantora

Formada como jornalista, publicitária e atriz Margareth Libardi enveredou pelo caminho da comunicação e da arte. Hoje, dirige a Libardi Marketing, o site Assunto de Modelo e a Agência Cítara, especializada em músicos. Escreve sobre a área artística e presta consultoria para artistas (modelos, atores e músicos), faz palestras sobre o mercado artístico e é autora de 2 livros: Profissão Modelo – em busca da fama (SENAC SP), publicado em novembro de 2004, que ganhou destaque na mídia. Lançou em 2013 o livro Estrelinhas – como colocar crianças na carreira artística, pela Editora Matrix. Em 2013, foi contratada para ser roteirista responsável pelo conteúdo do DVD Universo Modelo, também participando como especialista deste mercado. Foi consultora de marketing artístico das candidatas do Brazil´s Next Top Model, versão brasileira do reality show americano do canal Sony; foi jurada de vários concursos (adultos e infantis). Treinou modelos e atores e descobriu talentos no PELC, projeto social da Secretaria de Esportes e Lazer de Osasco/Ministério do Esporte. Já colocou no mercado inúmeros modelos, atores e músicos, que brilham nos palcos e passarelas. Formou-se no curso de apresentadora de TV pelo SENAC e em seguida foi convidada para apresentar o quadro 15 minutos de fama com Margareth Libardi, dentro do programa Ligados no ABC, na TV CINEC. Tornou-se apresentadora do seu próprio programa, 15 minutos de fama com Margareth Libardi, ao vivo. As entrevistas são feitas em geral com artistas. Margareth também é cantora, exercendo suas atividades artísticas regularmente.

Fotos de Michel Machado
Michel Machado

Percussionista, já tocou com vários artistas renomados como a cantora Wanderléa.

Detalhes: Baterista e percussionista de formação acadêmica no gênero popular através do Conservatório Municipal de Guarulhos, desenvolve-se através de estudos, pesquisas e práticas musicais nos seus mais variados segmentos e atividades como:
-Workshop
-Gravações
-Produções de trilhas para teatro
-Práticas deliberadas em grupos de estudos de música instrumental
-Shows por todo o território nacional.

Oriundo em ritmos com experiência, técnica, leveza e comprometimento, obtém grande prestígio no cenário musical brasileiro e atua em diversas produções ao lado de artistas e produtores renomados e representativos no cenário musical mundial, em prol do fortalecimento de sua identidade musical

Entre todos, destaque para:

– Cauby Peixoto & Ângela Maria – Show Reencontro de 2013 a 2015 (Shows e gravações cd)
-Wanderléa – Show Maravilhosa de 2012 a 2015 (Shows gravações de cd e DVD )
– Edy Star – Stared (kavernista)Show Revirando o Baú do Raul de 2010 a 2015 (Shows, gravações de Cd, DVD e documentário)
– Projeto Gonzagão shows de 2010 a 2012
Com Emilio Santiago, Chico Cezar, Ednardo, Amelinha, Anastácia, Elke Maravilha, Angela Ro Ro, Verônica Ferriani, Simoninha , Márcia Castro
– Nevilton – Show Sacode (Cd indicado ao Grammy Latino 2014) shows de 2013 a 2015
WorkShop Machado Percussion nos colégios São Luiz e São Francisco de 2014 a 2015
Colégio Clip de 2012 a 2015

Fotos de Nithah Stocklin
Nithah Stocklin

Nithah é brasileira e vive na Suiça. Fotógrafa ímpar, expõe em várias partes do mundo. Veio ao Brasil em 2016 para expor no Palácio do Governo e receber um prêmio do Governador Geraldo Alckmin.

Fotos de Nuno Flores
Nuno Flores
Violinista e compositor – artista português

O renomado violinista nasceu numa família de músicos. Seu avô pertenceu à Orquestra Sinfónica do Porto e o seu pai à Orquestra Calouste Gulbenkian durante cerca de 40 anos. Nuno revelou talento para a música com apenas 3 anos e começou a aprender violino com 5 anos. Continuou a sua aprendizagem até aos 18 anos, idade com que se formou pelo Conservatório Nacional de Música e mais tarde em Ciências Musicais pela Escola Superior de Música de Lisboa. Integrou, entre outras, a Orquestra Sinfónica Juvenil, Orquestra da Juventude Musical Portuguesa, Orquestra Calouste Gulbenkian e Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Foi membro dos Quinta do Bill de 1993 a 2005 e membro fundador dos inovadores projetos – Corvos, Ensemble Amadeus (Ensemble de Cordas que traja do Séc. IVIII) e “The Crow”.

Nuno Flores conta com várias digressões internacionais e parcerias em gravações de músicos tão diversos quanto ecléticos. Entre as suas colaborações estão a participação no segundo trabalho discográfico do grupo Entre Aspas, «Mysterium» de Rodrigo Leão/Vox Ensemble, a gravação como convidado no primeiro registo discográfico dos Moonspell, gravou também com os UHF seis temas e dois temas com António Manuel Ribeiro a solo, e efetuou várias digressões internacionais e gravações com o cantor Paulo Bragança. Colaborou também com os artistasgrupos, GNR, Santos e Pecadores, Blindzero, Titãs, Ivete Sangalo, Raimundos, Tony Garrido, Carlinhos Brown, entre outros.

Atua frequentemente em Live Act com diversos DJs, a destacar: DJ Vibe, Pete Tha Zouk, Luís Leite, etc., percorrendo alguns dos melhores clubs nacionais tais como Lux-Frágil, Budha Club, Estado Novo, Club W, etc.

Mais Informações

Fotos de Quarteto Tesla
Quarteto Tesla

Integrado por Leandro de César, Thiago Lima, Marcelo Borges e Guilherme da Matta, o quarteto de guitarras tem como objetivo executar peças originalmente escritas para quartetos de cordas friccionadas: dois violinos, viola e violoncelo. O Quarteto nasceu dentro do Conservatório Souza Lima & Berklee, onde todos os membros eram integrantes da Orquestra de Guitarras Souza Lima, coordenada e idealizada pelo professor Ciro Visconti. A singularidade do quarteto se dá pela desterritorialização da instrumentação original das obras, reterritorializando-a na esfera estética das guitarras elétricas: não apenas no tocante ao colorido instrumental, mas, sobretudo, pela proposta de reinterpretação musical a partir de uma lente-ouvido contemporânea: buscar pontos peculiares de intersecção e equilíbrio entre momentos musicais longínquos: eis que irrompe uma arte híbrida; de síntese; de transfiguração. O grupo é formado por guitarristas profissionais que possuem suas carreiras individuais, porém, com algo forte em comum, o amor pela música erudita e a vontade de trazer de volta um repertório tradicional com excelência.

O primeiro disco do Quarteto Tesla baseia-se exclusivamente na obra de
Wolfgang Amadeus Mozart (Salzburgo, 27 de janeiro de 1756 – Viena, 5 de
dezembro de 1791), influente compositor austríaco do período clássico. As
obras que compõem o disco do grupo são três divertimentos, compostos no
verão de 1722, intitulados Sinfonias de Salzburgo e a conhecida Eine Kleine
Nachtmusik, escrita em 1787.

– Divertimento K 136 (Aleggro, Andante, Presto)
– Divertimento K 137 (Andante, Aleggro di Molto, Aleggro Assai)
– Divertimento K 138 (Aleggro, Andante, Presto)
– Eine Kleine Nachtmusik (Aleggro, Romanze, Menuetto, Rondo)

As guitarras utilizadas pelo Q u a r t e t o Te s l a n ã o s ã o c o n v e n c i o n a i s . A fi m d e interpretar com fidelidade o repertório, fez-se necessária a construção de instrumentos especiais para o projeto, como a Guitarra Piccolo, por exemplo, instrumento de tamanho reduzido e com a a fi n a ç ã o m a i s a g u d a e m c o m p a r a ç ã o à a fi n a ç ã o tradicional da guitarra.

Fotos de Renato Soares
Renato Soares
Músico, cantor, compositor e produtor musical

Renato Soares é músico, cantor, compositor e produtor musical, pós-graduado em canção popular; criação, produção musical e performance pela faculdade de música Santa Marcelina.

Graduado em Produção Musical pela Anhembi Morumbi, Renato Soares participou de palestras apresentadas por Paul White (Sound on Sound), Omid Burgin, Carlos Freitas (Classic Master), dentre outros nomes do mercado fonográfico. Com vasta experiência em gravações ao vivo, ao longo de sua carreira e formação gravou diversas bandas e artistas, como: Clube do Balanço, Perotá Chingó, Zéli, Batanga e CIA, Caravana Tonteria, China, Orquestra de Pífanos de Caruaru, Xaxado Novo, Black Budah, Carlos Walker, Carpnov, Bukassa Kabengele e banda Booka Mutoto, Mestre Lumumba, entre outros.

Como músico, atuou em diversos estilos musicais acompanhando artistas e bandas pelo país.

Cantor e instrumentista eclético que une versatilidade, talento, simpatia e desenvoltura no palco, trazendo em sua bagagem shows diversos, desde um intimista voz e violão a grandes shows com big bands e orquestras.

A oportunidade de trabalhar em nichos variados possibilitou ao artista uma visão de bastante amplitude no mundo da produção musical, tonando-o apto a gerir as tantas variáveis do meio fonográfico.

Mais Informações

Fotos de Ricardo Valverde
Ricardo Valverde
Vibrafonista e percussionista

Baiano de nascimento e paulistano por adoção, Ricardo Valverde é vibrafonista, percussionista, arranjador e diretor musical.

Bacharel em Percussão Erudita pela Faculdade FITO e em Percussão Popular pelo Conservatório Musical Tom Jobim, Valverde acompanhou ao longo de sua intensa carreira de músico nomes consagrados de praticamente todos os gêneros da MPB. Dominguinhos, Osvaldinho do Acordeon, Paulo Moura e Nelson Sargento são apenas alguns exemplos.

É integrante de vários grupos de música instrumental e costuma viajar pelo Brasil e exterior participando de festivais e oficinas, quase sempre tratando do vibrafone no choro.
Seu trabalho de expressão mais recente foi como diretor musical da cantora Marina de la Riva, para quem idealizou em 2014 um show em homenagem a Dorival Caymmi, sucesso absoluto de público e crítica.

Mais Informações

Fotos de Richard Sakamoto
Richard Sakamoto
Ator, humorista e músico

O renomado humorista Richard Sakamoto é ator e músico. O comediante ficou em cartaz com o projeto de stand up no Teatro Ressurreição. E já fez o público se divertir bastante no programa The Noite, com Danilo Gentili.

Comediante na área da comédia stand up, vem se apresentando nos principais bares e comedys do Brasil. Participou de projetos em eventos como a cobiçada Virada Cultural de São Paulo. Já fez shows com vários comediantes com destaque na mídia.

No palco desde 14/09/14, até 15/01/16, ficou em cartaz no Teatro Ruth Escobar. Passou a atuar no Projeto Será que Bete Faria? Na Vila Mariana todos os sábados desde 01/01/15. Ficou com espetáculo em cartaz no Teatro Ressurreição de 01/10/15 até o final de 2016.

Na TV, participou dos programas Legendários, Encrenca e Pânico. Fez participações no programa The Noite com Danilo Gentili. Seriado Murilo Couto Acting.

Fez apresentação especial no Brazileria Arte e Gastronomia e no Teatro UMC.

Viajou com seu espetáculo por diversas regiões do Brasil, dividindo o palco com grandes estrelas do humor nacional.

Além dos shows em espaços para espetáculos, Richard participa de programas de TV e faz eventos corporativos, casamentos, aniversários, etc.

Entre suas piadas, está a história que conta que é visto como um pandinha.

Fotos de Rinaldo Viana
Rinaldo Viana
Cantor lírico

Rinaldo Viana é um dos maiores ícones da música lírica da atualidade. Encanta o Brasil desde 2001 quando apareceu num programa de TV e proporcionou recordes de audiência para a emissora por 3 meses consecutivos. Dono de um timbre raro e melódico, conquista milhares de fãs pelo Brasil. Alcançou uma trajetória de muito sucesso em dupla com Liriel, que vendeu mais de 1.000.000 de CDs – fato inédito na indústria fonográfica brasileira no canto lírico. Até o momento, possui 1 DVD gravado na Itália e 7 CDs: Romance, Tempo de Amar e e Best of Rinaldo e Liriel em dupla. E 3 CDs em carreira solo: How Great ou Art, Vida de Ator e Amor em 5 idiomas. Além do CD Bravo Tenores – Direito de Viver (Projeto do Hospital do Câncer de Barretos). Ingressou no musical “O Fantasma da Ópera” em 2006 onde interpretou Piangi por 6 meses. Por sua popularidade e simpatia, Rinaldo é presença constante nas principais emissoras de tv, além de fazer shows com renomados maestros e orquestras nas melhores casas de shows e teatros do país. Atualmente em turnê pelo Brasil com sua Big Band, seus projetos musicais que misturam o pop com o lírico, são audaciosos e originais e provocam interesse por onde quer que se apresente. Para preservar o valor de sua origem e também por ser dedicado à projetos sociais, é padrinho do Instituto Rinaldo Viana. ONG que acolhe 150 crianças de 6 a 18 anos na cidade de São Bernardo do Campo/SP que promove a cultura, a educação e a cidadania através do canto coral, iniciação musical, dança e leitura. A atuação do Instituto proporciona às crianças e aos jovens a oportunidade de uma qualidade de vida melhor, inserindo-os na sociedade de forma digna.

Fotos de Samuca Moretti

Mais Informações

Fotos de Trio Xiambê
Trio Xiambê

Release Nina Ximenes

Nina Ximenes é escritora, roteirista de teatro e cinema, locutora e cantora.

Nasceu em Fortaleza e quando tinha 4 anos sua família se mudou para São Paulo. Iniciou suas atividades musicais aos 15 anos de idade, cantando no SESC da cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e participando de festivais na mesma cidade, patrocinados pelo Colégio COC. Nessa mesma época, começou a compor algumas músicas.

Por alguns anos deixou de cantar para cuidar de suas duas filhas quando pequenas. Nesse período, já estava morando na cidade de São Paulo.
Voltou a atuar aos 24 anos, gravando jingles e participando como backing vocal de CDs de vários artistas, trabalhando em estúdios como COMEP, Polygram, Digital Studio, Camerati etc.

Fez curso de locução no SENAC e passou também a fazer locuções em spots e outros trabalhos no Digital Studio.

Continuou compondo canções, despretensiosamente, apenas para manter o hábito. Participou como cantora em alguns CDs que foram comercializados, tais como: “Natal”, pela Abril Music; “Cuba & Caribe Hits”, pela Gruezi (Suíça); CD promocional da Revista Som & Carro. Gravou o CD independente “Nina Ximenes”, com participação dos músicos Teco Cardoso, Jether Garotti Jr., Oswaldinho do Acordeon, Alex Braga, Omar Izar, Marco Antonio Bernardo, Wagner Amorosino, Camilo Carrara, Pepa D’Elia, Ivâni Sabino, Papete, entre outros. Neste CD, 3 músicas são editadas pela editora Circuito Musical.

Morou em Barcelona, onde teve a oportunidade de cantar em alguns bares.
Participou, em 2005, do 8.º Prêmio Visa de Música Brasileira – Edição Vocal, ficando entre os 24 candidatos selecionados entre mais de 2.600 intérpretes inscritos.

Paralelamente à música, dedica-se a outra paixão: escrever. Publicou alguns trabalhos em CD-ROM e dois livros. É associada à REBRA (Rede de Escritoras Brasileiras) e à ARTV (Associação dos Roteiristas de TV e Outros Veículos).

______________________________________________________________________________

Fotos de Wilma Libardi
Wilma Libardi
Pianista, gaitista e acordeonista

Carreira: Musicista desde a infância, Wilma toca piano, acordeón, teclado, violino, gaita e arrisca no violão.

Aos 9 anos, em 8 de dezembro de 1946, fez sua primeira comunhão. Na hora da cerimônia, durante a intronização da sagrada família, tocou Ave Maria de Schubert no piano, acompanhada de um amigo da família no violino e outro no acordeón. Sua mãe, acompanhou-a cantando.

Em 1951, procuravam nas escolas por uma menina que tocasse gaita junto com 3 meninos. Foi a única que conseguiu tocar as músicas que eles queriam. Assim, tornou-se a Estrelinha Hering. representando as gaitas Hering nos 3 shows que aconteceram nas rádios Tamoio, Tupi e Mauá. Ela tinha 14 anos. Foi vencedora no concurso da rádio, sendo eleita a Estrelinha da Gaita Hering por ser a melhor instrumentista infantil.

Também tocou com 1000 acordeóns ao mesmo tempo numa comemoração de aniversário da cidade de São Paulo.

Professora de música em Rio das Ostras – RJ, também toca em eventos (casamento, batizado, etc.) e canta.

Estudou teatro e participou do Auto de Natal e Auto da Paixão em vários anos consecutivos como atriz e musicista. Foi membro do Coral Amadeus e fez diversas apresentações, incluindo a cidade do Rio de Janeiro.

Na vernissage da artista plástica Márcia Libardi, sua filha, Wilma tocou músicas francesas em seu acordeon. O evento apoiado pela Prefeitura de Rio das Ostras foi realizado no Parque dos Pássaros, o maior da América Latina.

Participou de um longa-metragem em cenas realizadas em Rio das Ostras.

Facebook: https://www.facebook.com/Wilma-Libardi-292063740839236/?fref=ts

Fotos de Yasmin Arias
Yasmin Arias
Cantora e violonista

Yasmin é cantora, violonista, atriz e modelo.

Yasmin Arias traz um trabalho infanto-juvenil lindo. A artista teen, de apenas 13 anos,já tem experiência em palcos importantes. Participou de programas da Rede TV e outras emissoras. Cantou “Aquarela” e “Minha Felicidade”(Roberta Campos) em show e desfile no Projeto Express da Moda, cantou no Teatro Ceu e muito mais.

Crédito da foto: Yousef Ali